728 x 90


Motivos para você não fazer seu projeto no Workana

Motivos para você não fazer seu projeto no Workana

Há um tempo estou aos poucos abandonando os trabalhos na plataforma de freelancer Workana. Apesar de ter começado na plataforma de freelas em 2016, alguns pontos cruciais me levaram a tomar esta atitude desde o inicio deste ano (2020). Para todos os efeitos, este artigo não é nenhum tipo de desabafo, muito pelo contrário, esperamos

Há um tempo estou aos poucos abandonando os trabalhos na plataforma de freelancer Workana.

Apesar de ter começado na plataforma de freelas em 2016, alguns pontos cruciais me levaram a tomar esta atitude desde o inicio deste ano (2020).

Para todos os efeitos, este artigo não é nenhum tipo de desabafo, muito pelo contrário, esperamos cada vez mais agregar valor a você cliente final.

Ao final deste artigo, que inclusive não leva mais de 5 minutos para ler, entenderá a nossa nova dinâmica como prestador de serviço na área de Tecnologia da Informação.

Então, não nos desviando do assunto, vou listar os motivos para não me contratar pelo Workana.

Altas taxas e mediações abusivas

Se você nunca usou a plataforma, não irá entender de imediato isto. Mas, só para entender, o Workana subiu nos últimos anos de 10% inicial de comissão para 20% em 2019. Sim!! É um absurso.

Só que, os custos do seu projeto não irão ficar apenas nesta comissão que eles tiram do trabalho do profissional.

Existem muitas outras coisas que podem ocorrer e você ter que desembolsar mais dinheiro, como por exemplo, a medição ou arbitragem.

Muitas vezes, é impossível pelo chat do Workana o entendimento 100% do escopo do projeto, tanto pelo cliente quanto do profissional. Então, mediações podem ocorrer.

Chat ou Comunicação arcaica

Como mencionado, o Workana tem um chat horrível, onde não é possível de forma clara organizar as partes do projeto.

Muitas vezes, tenho que procurar ajudar o cliente no entendimento, mas quando começamos a utilizar a ferramenta, fica muito difícil encontrar o que foi discutido no mesmo.

Imaginando o cenário para o cliente, é pior ainda. Confuso, sem histórico, sem busca.

Sem contar que, mudei e muito a forma de relacionamento com o cliente, oferecendo Whatsapp, Google Meets, e outros meios para estar mais próximo da solução do cliente.

Empresas e Clientes que não consomem TI

Existem mercados e publico para todos, mas quem consome tecnologia raramente vai te pedir um job para trocar um label.

Esta é uma das preocupações que tenho. Filtro os projetos e clientes que realmente estão interessados em construir um produto ou que tenham um projeto voltado para Tecnologia da Informação.

Muitas vezes, gastasse muita energia para descobrir que, o profissional que precisa não dá conta daquilo que deseja.

E o mesmo ocorre também com nós profissionais. Investimos um tempo precioso em tentar entender um projeto que será disputado por diversos profissionais e no final das contas, vencerá o mais barato.

Conclusão

Pesei na balança muitas coisas e este era um ponto que, não estava valendo a pena.

Afinal, meu “plano A” é a programação e fazer da plataforma minha fonte de renda e o compromisso ou uma recorrência foram um dos fatores que me levaram a deixar a plataforma.

Minha dinâmica de trabalho é bem objetiva. Prefiro clientes decididos, que tenham em mente onde querem chegar com seu produto.

Tenho as ferramentas para auxilia-lo e juntos construirmos a sua solução.

A tendência é cada vez mais das empresas estarem juntas com seus clientes e assim, transformar esta sinergia de trabalho em uma parceria de longo prazo.

E então, quer saber mais como posso te auxiliar em seus projetos? Entre em contato e vamos marcar uma call.


E já passou por esta experiência na plataforma? Gostaríamos de saber, comente aqui um pouco de suas atividades no Workana.

Posts Carousel

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos